Brasil
AEC - Somos uma associação de empreendedores empretecos

Cadastro AEC

 

Marketing e Vendas

 

Por que o maior erro da Coca-Cola pode ter sido um sucesso

 

No livro "O fim do marketing como nós conhecemos", Sergio Zyman, responsável pela campanha que durou apenas 77 dias, defende sua iniciativa


Mudar o diálogo entre consumidor e marca é um conceito complicado. A relação emocional que se tem com um produto bem sucedido que já está no mercado há tempos é uma conexão poderosa. Especialmente se esse produto é a Coca-Cola e a estratégia utilizada é mudar uma fórmula de sucesso que já durava 99 anos. Assim, em 1985, a companhia apresentou a New Coke, que ficou conhecida como o maior erro da história da marca.

Nós falamos aqui sobre a campanha, que durou apenas 77 dias, mas existe uma coisa a mais a ser revelada sobre a história: o maior erro da Coca-Cola pode ter sido um sucesso. Isso é o que conta Sergio Zyman, ex-diretor de marketing da empresa e responsável pela campanha, ao fazer uma espécie de auto-defesa no livro "O fim do marketing como nós conhecemos".

"Quando dou uma palestra, quase sempre sou apresentado como o responsável pelo maior fracasso na história do marketing da Coca-Cola. Adoro isso. É uma apresentação ótima, porque me leva a falar sobre marketing e a explicar por que a New Coke não foi de maneira alguma um fracasso", escreveu ele.

"Sim, ela deixou os consumidores enfurecidos, consumiu uma tonelada de dinheiro e durou apenas 77 dias, até reintroduzirmos a Coca-Cola clássica", resume Zyman. "Contudo, a New Coke foi um sucesso, porque revitalizou a marca e criou um novo elo entre o público e a Coca-Cola. Não funcionou exatamente como planejamos, mas atingiu nosso objetivo de mudar o diálogo fundamental entre consumidor e marca", completa.

Para Zyman, a situação de apuros vivida com a New Coke, serviu para provar à Coca-Cola que ela não era imbatível e que precisava se reinventar, algo que já se mostrava desde os anos 1970, mas que a empresa não havia levado a sério, segundo ele. "A Coca-Cola Company entendeu a mensagem. Ela supôs (nos anos 1970) que teria consumidores automaticamente. Sabe o que aconteceu? Ela era apreciada, mas não estava sendo consumida", disse Zyman.

Confira na íntegra AQUI.

 

Voltar Home

 

 

Agenda de Eventos

Palavra do Presidente

João Carlos Semedo Mendes
Ações e objetivos

Diversas parcerias comerciais estão sendo firmadas. A ampliação de nossa interação com associações de empretecos em todo o país será uma constante.

 

Copyrights AEC - Todos os direitos reservados